Quarta lei da simplicidade: aprender

Como profissional da área de treinamento e funcionário de uma instituição de educação sei que, para boa parte das pessoas, aprender é sinônimo de perda de tempo, o que sugeriria uma possível violação à terceira lei. Entretanto, tal coisa é um grande engano, pois “o conhecimento torna tudo mais simples” [John Maeda, 2005] e, por […]

Terceira lei da simplicidade: tempo

A vida moderna gira em torno do tempo. Temos horário para acordar, dormir, chegar ao trabalho, sair do trabalho, almoçar, jantar, brincar com as crianças e etc. Às vezes, muitos de nós, nem tempo para essas coisas têm. A simplificação da vida tem relação direta com a forma como utilizamos o nosso tempo. Uma angústia […]

Segunda lei da simplicidade: organizar

Para simplificar a vida não basta sair eliminando todas as coisas que temos, mesmo porque nem tudo pode ser eliminado. Diante disso surge a importância da segunda lei da simplicidade: colocar as coisas em ordem. Organizar é estabelecer padrões e arranjar as coisas em categorias por similaridade de modo que se alcance ordem e simplicidade. […]

Primeira lei da simplicidade: reduzir

A primeira lei da simplicidade, proposta por John Maeda, é a redução voluntária das coisas. Isso quer dizer que ao reduzirmos o consumo (e consequentemente as dívidas), as tralhas em nossa casa e no trabalho e todas as coisas que acumulamos em nossa mente estaremos simplificando a nossa vida. O segredo da simplificação de nossas […]